Projeto Terra Preta: 3 receitas de inseticidas naturais para combater pragas na horta

Algumas maneiras naturais de repelir os invasores sem prejudicar as plantas.

Nada mais triste do que ver sua horta cultivada com tanto carinho sendo devorada pelas pragas. Apesar de ser muito chato, tal situação é muito comum e a melhor estratégia de combate é ir pelo caminho natural, buscando soluções caseiras que repelem os invasores. As três receitas abaixo foram retiradas de uma cartilha produzida pelo Centro Universitário Luterano de Palmas (CEULP/ULBRA), de Tocantins, em uma parceria entre estudantes, professores e profissionais da área agrícola.

– Alho no controle biológico de pragas

Ingredientes:

1kg de alho

5 litros de água

100g de sabão

20 colheres (de café) de óleo mineral.

Modo de preparo:

Os dentes de alho devem ser moídos e deixados repousar por 24 horas no óleo mineral. Em outro vasilhame, dissolva 100 gramas de sabão picado em 5 litros de água, de preferência quente. Após a dissolução do sabão, mistura-se a solução de alho. Antes de usar, é aconselhável filtrar e diluir a mistura com 20 partes de água. Quando pulverizado sobre as plantas depois de 36 horas não deixa cheiro nos produtos agrícolas.

– Hortelã como repelente natural

Ingredientes:

1 litro de água

1 maço Hortelã

Modo de preparo:

Ferva a hortelã na água, deixe esfriar, coe e pulverize sobre as plantas. O chá de hortelã é muito útil para as plantas em geral, protegendo-as.

Fresca: deve ser acondicionada na geladeira em saco plástico, por alguns dias.

Para congelar: retire e pique as folhas. Coloque em uma forma de gelo com água e leve ao congelador.

Como secar: seque ao ar livre, em local sombreado e bem ventilado, por alguns dias.

No microondas: lave e seque bem as folhas, separe do talo e forre o prato do microondas com papel absorvente. Espalhe as folhas sobre o papel, deixe o centro do prato livre. Leve ao micro em potência máxima de três a quatro minutos.

Seca ou em pó: deve ser guardada ao abrigo da luz, respeitando o prazo da validade.

– Combate a pulgões com cravo-de-defunto

Ingredientes:

1kg de folhas e/ou talo de cravo-de-defunto

10 litros de água.

Modo de preparo:

Misture as folhas e/ou talos de cravo-de-defunto na água. Leve ao fogo e deixe ferver durante meia hora. Coe o caldo obtido e pulverize as plantas atacadas. O cravo-de-defunto quando plantado em hortas, jardins ou pomares, repele insetos e mantém o solo livre de nematóides. Plante tagetes junto aos tomateiros para evitar a broca do tomate. Alem disso, quando usado como cama para cães, afugenta pulgas.

Redação CicloVivo

Deixe seu comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pular para a barra de ferramentas