EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE NOVOS EMPREENDEDORES PARA A LOJA COLABORATIVA DO CEN

 

A Loja Colaborativa do CEN [Coletivo de Entidades Negras] surgiu em meados de 2018 como um dos produtos componentes do projeto Feira de Empreendimentos Negros Solidários.

A Feira, que aconteceu uma vez por mês entre julho e outubro, no Pelourinho, foi uma iniciativa financiada pelo Edital da Década Afrodescendente, promovido no mesmo ano pela Secretaria de Promoção da Igualdade Racial da Bahia (Sepromi).

Dentro do projeto da Feira, a Loja Colaborativa funcionou como contrapartida do Coletivo de Entidades Negras, que custeou todos os seus custos, já que esse valor não estava incluído no recurso recebido pelo CEN para financiar a realização das Feiras Negras.

Situado no casarão número 25 da Rua das Laranjeiras, no Pelourinho, o espaço de exposição dos produtos de economia solidária produzidos por negros e negras era composto por um grupo de 16 empreendedores, que mais tarde foi ampliado para 26 por iniciativa do CEN.

Após o fim da vigência do edital da Sepromi, e mediante consenso com os empreendedores e empreendedoras que expõem no espaço, o CEN resolveu fazer uma nova seleção, com o objetivo de renovar parcialmente o quadro de expositores da loja.

Por isso, o Coletivo de Entidades Negras, instituição nacional do movimento negro brasileiro, lança agora esta convocatória, a fim de cumprir o objetivo acima explicado.

Os empreendedores interessados deverão atender aos critérios abaixo listados, sendo também necessário preencher com dados pessoais e outras informações solicitadas o Formulário de Levantamento de Perfil de Empreendedores, situado em link abaixo disponibilizado, e encaminhar para o e-mail oficial da instituição (contato@cenbrasil.org.br).

O título do e-mail deve constar o nome do empreendimento, seguido de “Loja Colaborativa do CEN”. As inscrições ficarão abertas entre 0h desta segunda-feira, 14 de janeiro de 2019, e 23h59 de 18 de janeiro de 2019. Todos os produtos produzidos pelo empreendedores devem ser informados. E fotos de cada objeto devem ser enviadas, como exemplo.

O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 21 de janeiro.

No dia 22 de janeiro, acontecerá uma reunião para formalizar a entrega dos produtos.

No dia 24 de janeiro, acontecerá a arrumação da loja, a partir das 17h, com os empreendedores e empreendedoras selecionadas pela Comissão de Seleção.

A reinauguração do espaço será no dia 25 de janeiro, a partir das 18h.

Serão selecionados entre 20 e 25 empreendedores, a depender da qualidade dos produtos. Caso o número supere essa meta, listas de espera serão feitas com o objetivo de realizar, quando necessário, segunda chamada para ocupar o espaço da loja.

Todos os empreendedores selecionados deverão obrigatoriamente contribuir com um valor mensal de R$ 45, que serão revertidos para pagamento das despesas da Loja Colaborativa e do prédio ocupado pelo Coletivo de Entidades Negras.

Esse pagamento será feito em forma de boleto bancário.

Todo empreendedor deve, obrigatoriamente, dar plantões na Loja Colaborativa, de forma a não deixar descoberto o espaço de comercialização.

A gestão do espaço é de responsabilidade do grupo de empreendedores selecionados, sendo o CEN apenas um auxiliar e parceiro eventual nesta tarefa.

O empreendedor que faltar plantões deverão custear a diária de R$ 40 para o pagamento de uma plantonista que substitua ele durante sua falta.

Na segunda falta ao plantão, além do pagamento da mesma taxa de R$ 40, o empreendedor faltoso será advertido. Caso haja uma terceira falta ao plantão, além da taxa de R$ 40, o empreendedor terá sua relação com o espaço colaborativo encerrado.

Toda a entrada de produtos na Loja Colaborativa deve ser registrada em planilha apresentada aos empreendedores pelo CEN. Do mesmo jeito, cada empreendedor plantonista deve anotar e identificar as vendas feitas, a forma de pagamento e demais informações sobre a comercialização de produtos da loja.

Em caso de falta de recursos e produtos, o Coletivo de Entidades Negras não se responsabiliza, já que é de responsabilidade do grupo de empreendedores a gestão operacional e financeira da loja.

Caberá à instituição apenas o repasse dos valores recolhidos por meio de vendas em cartões de débito e crédito, tendo em vista que a máquina utilizada na loja é cadastrada na conta bancária deste Coletivo de Entidades Negras.

Ao se inscrever no processo seletivo, o empreendedor concorda automaticamente com todas estas regras acima listadas, e fica obrigado, caso queira ocupar espaço na citada Loja Colaborativa, a assinar um documento de compromisso com tais normativas.

FORMULÁRIO NO LINK:
https://docs.google.com/document/d/1ZWGgCanC8E5ajXB0zz4eAyBX-2o9OwJ5E17YsXIxJ6g/edit?usp=sharing

 

Post Atualizado no dia 15/01/2018, às 17h, para acrescentar conteúdo de formulário

 

CONTEÚDO DE FORMULÁRIO PARA QUEM NÃO CONSEGUIR ACESSAR LINK:

 

FORMULÁRIO DE CADASTRO DE EMPREENDIMENTOS NEGROS SOLIDÁRIOS

NOME DO EMPREENDEDOR:

DATA DE NASCIMENTO:

TELEFONE/WHATSAPP:

E-MAIL:

OCUPAÇÃO/PROFISSÃO:

MUNICÍPIO DE MORADIA/ATUAÇÃO:

NOME DA MARCA:

PRODUTOS DESENVOLVIDOS:

MATÉRIA-PRIMA PRINCIPAL:

MÉDIA DE PREÇOS DOS PRODUTOS:

DATA DE FUNDAÇÃO DA MARCA:

RESUMO DA HISTÓRIA DO EMPREENDIMENTO/MARCA:

Deixe seu comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pular para a barra de ferramentas