Mulheres fodonas: Bozoma Saint John, executiva da Apple Music e iTunes

Nas empresas de tecnologia, a gente vê muita gente batendo palma pros homens e como eles são gênios. É bom lembrar que uma empresa é constituída por muita gente, e não importa qual o ramo, sempre vai haver uma mulher. Por mais que ainda seja difícil, a gente mostra que é capaz e ocupa esse lugar que é nosso sim! Tratando desse ramo de tecnologia e mulheres fodonas, nós precisamos falar de Bozoma Saint John.

Bozoma nasceu em Gana, tem 39 anos, é mãe, negra, formada na Wesleyan University, onde cursou estudos afro-americanos e inglês e se intitula como Head Diva of Global Consumer Marketing da Apple Music e Itunes(SAP: executiva de marketing dona da porra toda). Só nessa frase já da pra notar porque precisamos falar dela, né? Ela está na Apple desde 2014, mas foi esse ano que ela deu nomes e mostrou a que veio na WWDC, a conferência de desenvolvedores da Apple.

boz

Se você é superligada no mundo tech e já acompanhou alguma dessas conferências, reparou que lá não é palco para muita diversidade. Mas esse ano, Boz chegou e logo mostrou porque ela é a diva da empresa. Botou todo mundo pra cantar rap e o pessoal enlouqueceu no twitter pedindo que ela fosse a próxima CEO. Além de todo rap e sua presença solar, Boz também fez questão de colocar uma música de Gana, pra deixar bem claro de onde ela veio. Não é lindo?

Existe muita história dela fora da Apple, como por exemplo, ela ter sido VP da Beats e diretora de música e entretenimento da Pepsi. Lembram do SuperBowl de 2013 com a Queen B? Devemos agradecer diretamente a Boz, ela que estava por trás de tudo isso e convenceu dona Bey de fazer o show. A carreira dela se consolidou mesmo na Pepsi, onde ela pode construir seu nome e sua experiência na música. Ela comandava o marketing de música e entretenimento de lá, um setor inventado praticamente por ela, depois de sugerir que a Pepsi patrocinasse festivais de música e premiações musicais. Nem precisamos comentar o sucesso desse insight dela, né? Já na Apple Music, ela também foi a responsável por aquele comercial incrível com a Mary J. Blige, Taraji P. Henson e Kerry Washington.

Fora toda a carreira de sucesso, ela também é super envolvida no Adcolor, projeto que celebra e promove osnegros e pessoas de diferentes etnias na indústria de publicidade. Há dois anos ela foi a primeira a receber da organização o Rockstar Award. Pouco tempo depois ela entrou no hall de conquistas do American Advertising Federation. Os elogios sobre Boz não param por aí. Billboard a nomeou com uma das melhores mulheres na música, e ela entrou na lista dos principais executivos com menos de 40 anos. Na Fast Company, ela esteve na lista das 100 pessoas mais criativas e a Ebony a listou entre os 100 executivos mais poderosos.

“I really walk like i’m going somewhere – Yes, we’re going somewhere!” (Eu realmente ando como se estivesse indo a algum lugar. Sim, eu realmente estou indo a um lugar)

maravilhosaaaaa

Ter figuras como a Boz em evidência é essencial. Mulheres, especialmente mulheres negras, precisam servisíveis em seus cargos de liderança – ainda mais no campo de tecnologia. Mulheres como ela elevam os patamares e fazem com que a gente queira seguir essa liderança também. É importante saber que somos capazes, e que assim como ela, podemos chegar em lugares incríveis, sem ter que mudar nada em nossas raízes e quem somos.

“It’s up to us to make the moves that are gonna to change this world – and we can do it, we really can.” (Depende da gente fazer os movimentos que irão mudar esse mundo – e nós realmente podemos)

Depois de tudo que já dissemos sobre suas conquistas e todos os projetos de sua carreira, nem precisa explicar que ela é uma mulher que além de bad ass como ela mesma diz, ela é o #girlpower materializado. Fazendo questão de mostrar de onde veio, valorizando a sua cultura local, batendo cabelo na cara dos preconceituosos,colocando mulheres negras em evidência e servindo de exemplo pra toda uma nova geração incrível que está vindo por aí. Tudo isso com uma energia que renova qualquer um que esteja por perto – é notável – e com carisma e confiança que são de babar. Como faz pra ser amiga dessa mulher, gente?

Vocês conhecem mais mulheres incríveis por aí? Com certeza sim! Contem pra gente aqui nos comentários.

Fonte: http://modices.com.br/comportamento/empoderamento/mulheres-fodonas-bozoma-saint-john-executiva-da-apple-music-e-itunes/

Deixe seu comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pular para a barra de ferramentas