Polícia faz buscas por suspeito de feminicídio em quatro cidades de MS e na divisa com SP

Considerado foragido, Silvano Aparecido dos Santos, de 35 anos, suspeito de assassinar a esposa Chistiane Santana de Assis, 30 anos, na noite do último sábado (4) em Anaurilândia, a 370 quilômetros de Campo Grande, é procurado pela polícia em quatro cidades de Mato Grosso do Sul e em cidades de São Paulo que fazem divisa com o Estado.

De acordo com o delegado Rafael de Souza Carvalho, responsável pelo caso, Silvano teve a prisão preventiva decretada pela justiça e é procurado não só em Anaurilândia, cidade onde o crime aconteceu, mas também em Bataguassu, Nova Andradina, Batayporã e em cidades de São Paulo que fazem divisa com MS.

O delegado explica que de acordo com as investigações, Silvano possui familiares e amigos nessas cidades e pode estar escondido em alguma delas. As investigações também constataram que o autor possui uma passagem pela polícia por violência doméstica. O caso foi registrado por uma ex-companheira de Silvano em Bataguassu em 2012.

Feminicídio

Christiane participava do chá de bebê de uma amiga quando, por volta das 20h, Silvano chegou ao local, foi até a esposa, a puxou pelo braço e iniciou as agressões. Há relato de que o homem chegou a colocar a faca na garganta da jovem, mas a atingiu com um golpe na barriga. As agressões foram testemunhadas por todos os convidados.

A mulher foi socorrida por ambulância do Quebracho e encaminhada ao hospital Sagrado Coração de Jesus em Anaurilândia, mas morreu pouco depois de dar entrada. Após o crime, Silvano fugiu. O caso é tratado como feminicídio.

Por Gerciane Alves para o MidiaMax

Deixe seu comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pular para a barra de ferramentas