RACISMO: dentista será investigada no Piaui; ‘Senzala não saiu de você’

Uma dentista identificada como Delzuíte Ribeiro de Macêdo está sendo investigada pela Polícia Civil do município de São Raimundo Nonato acusada de racismo em postagens na sua rede social.

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

A dentista escreve que se sente agradecida por seu ex-marido ser branco de olhos claros e por ter um filho também com as mesmas características, porém Delzuíte Ribeiro de Macêdo nega que isso seja preconceito, mas apenas um gosto pessoal.  

“E de que não querer misturar o meu sangue for ‘preconceito’ sim eu sou ‘preconceituosa’, mas abraço e beijo meus amigos de outras cores e coloridos. Mas escolhi o dedo com quem me misturar os A+ e O+. Espero que isso seja gosto e não preconceito, né?”, comenta a acusada.

Com as publicações, a polícia recebeu denúncias contra a dentista e abriu um inquérito para investigar o caso. O último relato de racismo foi contra a filha de outra dentista, conhecida de Delzuíte, em que a mulher chegou até a sofrer agressão da acusada. Uma advogada, vítima das agressões também denunciou as ofensas.  

A população de São Raimundo Nonato se mostrou indignada com as declarações de racismo da suspeita, principalmente contra a filha recém-nascida de uma das vítimas. Em um áudio que circula nas redes sociais uma mulher ainda não identificada faz ofensas, manda uma pessoa calar boca e a chama de ‘nega sebosa’.

Oh coitada, deixa eu só te dizer por que a Barbara não tá aqui. Porque o Fábio deu as contas dela, tá bom gatinha? Porque ela era pra está aqui, tá? Inclusive ela me ligou e eu só trouxe o João Guilherme de São Raimundo porque ela me ligou meu amor, tá bom? Tá? Então cala a tua boca nega sebosa, cala a tua boca, vai viver a tua vida e me deixa em paz, tá? Manda a tua conta, desgraçada que a gente vão vai ficar te devendo não”, diz.

Ouça o áudio abaixo:

Delzuíte Ribeiro de Macêdo excluiu o facebook, onde fez as postagens, e ainda não se sabe o paradeiro da dentista. 

A reportagem do Portal AZ tentou entrar em contato com a Delegacia de São Raimundo Nonato para saber mais detalhes sobre o caso, mas até o momento não obteve êxito.

Deixe seu comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pular para a barra de ferramentas