“Uma conquista dos povos de terreiro”, afirma coordenador do CEN sobre condenação da Rede Record

                                                                            Crédito da foto: Fafá M. Araújo

O Coletivo de Entidades Negras (CEN) recebeu como “uma grande vitória do povo de santo” a decisão do Tribunal Regional Federal de São Paulo (TRF-SP) que garantiu às religiões de matriz africana 16 horas de direito de resposta durante a programação da Rede Record de Televisão. A emissora, ligada à Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), foi condenada por veicular ofensas contra o candomblé e a umbanda e pais e mães de santo.

Na última quinta-feira, o TRF-SP rejeitou o recurso da tevê do bispo Edir Macedo, obrigando a empresa televisiva a transmitir conteúdo positivo e afirmativo sobre a cultura e as religiões afro-brasileiras. A sustentação oral que trouxe a vitória para os religiosos foi feita, durante todo o processo, pelo advogado Hédio Silva Junior, ex-secretário de Justiça do Estado de São Paulo e considerado o maior especialista do Brasil no tema.

Coordenador-geral do CEN, o historiador Marcos Rezende afirmou, após a decisão, que o resultado do julgamento “foi uma conquista que significa muito para os povos de terreiro, além de um avanço sutil do judiciário em relação à condenação, que deveria ser muito maior, mas chegou a essa dimensão graças à pressão do movimento dos religiosos que se mobilizaram para esse fim”.

Rezende acredita também que a condenação da emissora “deixa uma nova mensagem para as mídias tradicionais neopentecostais que transformaram esse tipo de violência e desrespeito como algo usual e natural, quando na verdade essas ofensas são fruto de um racismo religioso cada vez mais presente na sociedade”.

“O resultado, na minha avaliação, é um precedente que se abre, servindo como uma postura pedagógica para um processo futuro”, avaliou o ativista antirracista. Agora, diz ele, a expectativa dos religiosos é pela publicação do acórdão do julgamento, onde as regras para o cumprimento da sanção serão expressas.

Deixe seu comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pular para a barra de ferramentas