Vítima de incêndio em terreiro não resiste e morre no HGE

 

José Santana Lima, 54 anos, que teve mais de 50% do corpo queimado durante um incêndiono  terreiro de candomblé Ile Asé Yatomin, em Paripe, não resistiu às queimaduras e acabou morrendo na madrugada desta quarta-feira (21), no Hospital Geral do Estado (HGE). Segundo informações do posto policial da unidade, a morte foi registrada às 0h55.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passará por perícia. José estava no segundo andar do imóvel onde funciona o terreiro, na Rua do Itaú, quando ocorreu o incêndio, que destruiu o pavimento inteiro. O incêndio ocorreu na noite de segunda-feira (19) e foi contido por uma guarnição do 1º Grupamento de Bombeiros Militares. Ainda não se sabe o que provocou o fogo.

O terreiro funciona no imóvel de três pavimentos há 40 anos e é comandado pela ialorixá Mãe Lila. Os frequentadores do terreiro ainda não sabem se o incêndio foi criminoso, mas os vizinhos falaram que têm uma convivência tranquila com os moradores do templo. Ninguém sabe por onde o fogo começou, mas há suspeitas de que o incêndio possa ter sido provocado por velas.

Deixe seu comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pular para a barra de ferramentas