CEN convoca empreendimentos negros para loja colaborativa e feira solidária

Em conformidade com o Edital da Década Afrodescendente da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial da Bahia (Sepromi) e com o projeto aprovado pelo Coletivo de Entidades Negras (CEN) na concorrência pública, a Coordenação do CEN abre inscrições para cadastrar, levantar o perfil e convocar empreendedores negros, a fim de integrarem a loja colaborativa Vitrine Cultural (também presente em ambiente virtual) e a Feira de Empreendimentos Negros Solidários – ambos coordenados pelo grupo gestor do projeto aprovado pelo CEN.

Os empreendedores interessados deverão atender aos seguintes critérios, sendo também necessário preencher com dados pessoais e outras informações solicitadas o Formulário de Levantamento de Perfil de Empreendedores, anexo nesta postagem, e encaminhar para o e-mail oficial da instituição ([email protected]).

O título do e-mail deve constar o nome do empreendimento, seguido de “Feira de Empreendimentos Negros”. As inscrições ficarão abertas entre 0h do dia 4 de junho de 2018 e 23h59 de 9 de junho de 2018. Duas fotos  de cada, pelo menos, devem ser enviadas.

As seleções ocorrerão entre 9 e 11 de junho e o resultado será divulgado no dia 12, até o final da tarde.

FORMULÁRIO NO LINK: https://docs.google.com/document/d/1ZWGgCanC8E5ajXB0zz4eAyBX-2o9OwJ5E17YsXIxJ6g/edit?usp=sharing

CRITÉRIOS USADOS PELA COMISSÃO GESTORA DO PROJETO:

  • Ser um pequeno ou médio empreendimento negro de economia solidária, gerido por pessoas negras, de preferência jovens (que serão 76% dos selecionados) e mulheres (52% dos participantes do projeto);

  • Ter disponibilidade para dar plantão 1 (uma) vez na semana em 1 (um) período/turno na loja colaborativa composta por esses empreendimentos selecionados;

  • Participar dos cursos de formação, a cada 15 dias, das 16h às 19h30, mesmo período que será usado pela organização da loja para prestação de contas;

  • Loja funcionará de segunda a sábado, exceto nos dias de feira;

  • Dez empreendimentos serão selecionados, e participarão tanto da loja quanto da feira colaborativas, conforme porcentagem de jovens e mulheres exposta acima;

  • Cada empreendimento receberá uma máquina de cartão, para auxiliar em seus trabalhos fora da loja colaborativa;

  • No ambiente da loja, será o CEN o responsável pela única máquina disponível, sendo a instituição também a responsável pela distribuição dos valores vendidos.

 

Deixe seu comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pular para a barra de ferramentas