Menor é estuprada por 30 homens e exposta na internet

Por Pareta Calderasch

1n9x6o193e_41b33tyj4p_file
Reprodução: R7

Uma publicação no Twitter na última quarta-feira(25), revela um crime chocante que aconteceu no Rio de Janeiro. Na postagem é exibido um vídeo onde 30 homens estão ao redor do corpo de uma menor nua e dopada, contando como a estupraram coletivamente, exibindo o corpo dela e os seus órgão genitais. Muitos usuários do Twitter usaram a atrocidade como motivo para “piadas” sobre o estado da vítima. Embora no Brasil o estupro seja crime hediondo, pautado no artigo 213 do código penal, a contínua consciência de impunidade frente a esse crime no país faz com que os criminosos não tenham nem mesmo medo de se identificarem.

O vídeo causou revolta na internet e gerou mais de 800 denúncias no Ministério Público em poucas horas, além do vídeo, a veiculação da notícia como “suposto estupro”, mesmo com a imagem da vagina da vítima sangrando, tem causado também a revolta contra alguns veículos de comunicação. De acordo com o jornal Extra, a vítima possui 17 anos e o delegado Alessandro Thiers, que trabalha na divisão de crimes de informática está cuidando do caso.

Retorno para casa:

Segundo informações do jornal R7 o estupro ocorreu na última sexta-feira(20) e a vítima foi encontrada e resgatada nesta quarta-feira(25), na Praça Seca, na Zona Oeste do Rio, por um homem que, preocupado com o estado de saúde dela depois de saber da repercussão do vídeo, levou-a para casa no próprio carro, chegando em casa por volta das 21h. O caso passa a ser investigado também pela delegacia anti-sequestro e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro.

Tipificação e denúncia:

O crime de estupro, é descrito da seguinte forma no artigo 213 do código penal:

Art. 213. Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso: (Redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009)

Em caso de denúncias, você poderá procurar por :

Ouvidoria no site do Ministério Público do RJ(http://www.mprj.mp.br/cidadao/ouvidoria)

Polícia Federal para denúncias on-line (http://denuncia.pf.gov.br/)

Disque 180 (Central de Atendimento à Mulher)

Secretaria de Políticas para as Mulheres: [email protected][email protected]

 

Deixe seu comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pular para a barra de ferramentas