Voto de Tia Eron sobre cunha vai ser decidido por pastor da Universal

O voto da deputada Tia Eron (PRB-BA), no Conselho de Ética da Câmara, será dirigido pelo atual presidente de seu partido, o pastor Marcos Pereira. Segundo o Jornal O Globo, aliados comentaram que a atuação da deputada sempre foi vinculada à Igreja Universal.

“O voto não é dela, é do Marcos Pereira. O que ele mandar, ela vai fazer. Por ela, ela não votaria a favor de Cunha, mas a informação é que o Marcos Pereira entrou nisso”, disse uma liderança política baiana ao jornal.

Tia Eron é evangélica e começou a frequentar os cultos ainda criança. Foi com trabalho social na igreja que ela entrou na vida política e foi eleita vereadora algumas vezes.

Entenda
Na terça-feira (7), Tia Eron foi um dos nomes mais comentados do Brasil. Voto essencial no Conselho de Ética para decidir se o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), será afastado, ela passou quatro horas na liderança do partido para evitar pressões e assédio de outros parlamentares.

Sua ausência nas discussões do Conselho gerou repercussão nas redes sociais, onde a hashtag perguntando onde estava Tia Eron foi parar nos assuntos mais comentados.

Depois que a reunião foi suspensa, Tia Eron pediu que a imprensa, que a assediou após o caso, desse paz para que ela analise o voto em separado do deputado José Carlos Bacelar (PRB-BA), que propõe apenas um afastamento temporário para Cunha, ao invés de um definitivo.

“Pressão só recebo de vocês (jornalistas) que não me dão paz para estudar. Se me permitirem tenho agora um relatório de 65 páginas para estudar. Saiu hoje o voto em separado. Vocês não acham justo?”, disse Tia Eron.

Via Correio

Deixe seu comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pular para a barra de ferramentas